Mídia paga e mídia orgânica: como integrar no e-commerce

Mídia paga e mídia orgânica: como integrar no e-commerce

A estratégia de mídia paga é uma das práticas mais comuns e simples de implementar pela área de marketing. Por outro lado, a criação de mídia orgânica é um exemplo de estratégia que deve ser cultivada ao longo do tempo para atingir os resultados desejados.

Por causa dessa diferença, muitas empresas erram por que focam em apenas uma dessas modalidades quando, na verdade, combinar as duas conquistaria resultados mais expressivos. Por isso, decidimos compilar as melhores práticas para que você saiba como integrar as duas na estratégia do seu e-commerce. Então, não perca tempo, acompanhe esta leitura e aprenda mais sobre o tema!

Quais são as diferenças entre mídia paga e mídia orgânica?

Quando pensamos em marketing digital, existem diversas táticas que podem ser implementadas para que a empresa possa divulgar os seus produtos. Inclusive, esses esforços podem ser direcionados para uma determinada localidade ou acionados quando uma palavra-chave é pesquisada.

Por isso, é importante entender como esses dois modelos funcionam na prática.

Mídia paga

Em termos simples, a mídia paga consiste em investir para que a marca, empresa ou serviço receba visibilidade online. Mas de que forma isso pode ser feito? Por meio de anúncios nos mecanismos de busca que colocam o site da empresa antes dos resultados.

Também existe a possibilidade de adquirir espaços para posts que são anunciados nas redes sociais. Nesse caso são usadas imagens, vídeos e conteúdos que fazem parte de uma estratégia de divulgação.

Mídia orgânica

Já a mídia orgânica é uma forma de marketing digital na qual a empresa dedica tempo e esforço para construir, de forma não paga, uma relação com a sua audiência. E geralmente, essa estratégia está ligada à interação com o público por meio de acessos orgânicos nos buscadores da Internet ou nas próprias redes sociais.

Neste caso, a venda de produtos ou serviços não é a prioridade, mas sim, entender as percepções dos clientes e fortalecer a reputação da empresa. Porém, para conquistar resultados positivos é necessário tempo, dedicação e disciplina.

Mídia paga e mídia orgânica: o que fazer para integrar?

A ideia deste post é explicar como essas duas estratégias podem ser aplicadas em conjunto e, com isso, maximizar o retorno do e-commerce. Por isso, confira alguns exemplos de iniciativas que funcionam.

Mude o foco do conteúdo pago

É possível incorporar as características da mídia orgânica na estratégia de mídia paga. Uma das formas de fazer isso é criar um conteúdo que não foca nas vendas, mas sim, tem uma proposta de valor para a sua audiência. Isso faz com que a recepção seja muito mais positiva.

Apostar também em campanhas pagas levando tráfego para páginas não somente de vendas, mas de conteúdo descritivo, vão te auxiliar a ganhar reputação e o reconhecimento necessário. Por exemplo, uma Landing Page que conta a história do produto e como ele foi desenvolvido.

Esse tipo de campanha é ideal para aquele consumidor que não está no momento de compra e sim no momento de decisão. Ao entregar a ele conhecimento, você naturalmente cria uma relação custo x benefício, permitindo que o próximo acesso dele seja de maneira orgânica, pois já foi gerada uma percepção de valor anteriormente.

Crie campanhas mais completas

A mídia paga é uma prática que conquista resultados no curto prazo, enquanto a orgânica só trará benefícios no médio e longo prazo. Com isso, faz sentido fazer com que a audiência seja apresentada para a marca por esforços pagos, mas que permaneça engajada por causa do valor do conteúdo orgânico.

Assim como no exemplo anterior, você pode criar um fluxo de tráfego no seu site utilizando mídia paga como educadora, mídia orgânica como fomentadora e retornando à mídia paga com campanhas de remarketing ou retargeting, sendo essas, campanhas para resultados no curto prazo.

Entenda então, que mesmo o seu site sendo um e-commerce é muito importante que ele tenha conteúdo. O conteúdo gera acesso, o acesso gera dados e os dados atualmente são o pontapé principal para qualquer entendimento ou análise que visa o crescimento do negócio com melhores resultados.

Avalie o comportamento do público

A própria audiência vai indicar se o conteúdo teve uma recepção positiva. Assim, foque nas ações que apresentam indicadores satisfatórios. Essa é uma abordagem que ajuda a direcionar esforços e a entender o comportamento de quem se comunica com a empresa.

O desempenho da mídia paga, bem como, da mídia orgânica dependem da sua capacidade de integrar esses conceitos em um pacote que é atrativo para o público. Por isso, dê atenção à  informação que está entregando aos consumidores, construa histórias consistentes e entenda que é necessário ter uma relação cada vez mais próxima para converter mais.

Nesse conteúdo trouxemos algumas dicas sobre o que você pode fazer para integrar suas estratégias de mídia orgânica e mídia paga e obter melhores resultados no seu e-commerce. Esperamos que tenha te ajudado! 

E se você tiver interesse em consumir mais conteúdos como esse, assine a nossa newsletter e receba nossos artigos em seu e-mail!

Escrito por:
Eduardo Pereira, Tech Lead
at Corebiz