Tendências para o e-commerce em 2022

Tendências para o e-commerce em 2022

A internet é um universo incrivelmente dinâmico e as lojas virtuais precisam estar em consonância com as atualizações presentes na sociedade, de forma a acompanhar a evolução da tecnologia e as tendências para o setor. Pensando nisso, preparamos um conteúdo falando um pouco mais sobre as principais tendências para o e-commerce em 2022.

O próximo ano vem recheado de expectativas e promete ser bem movimentado, abrindo um incrível leque de oportunidades, especialmente nos meios digitais, para quem souber empreender com qualidade e estiver pronto para atender as demandas de um consumidor cada vez mais exigente. Continue sua leitura e descubra como fazer isso!

Omnichannel

Sim, eu também concordo, é um tema ultrapassado mas inexplorado ainda por conflito de canais, limitações burocráticas, etc., no entanto, não podemos fugir dessa realidade. Enquanto não evoluirmos e fazermos o consumidor se sentir exclusivo, não importando onde ele esteja, de nada vai adiantar aumentar o investimento de mídia e achar que vamos trazer resultados surpreendentes.

Não dá para falar sobre as principais tendências para o e-commerce em 2022 sem falar em omnichannel. O conceito diz respeito à integração de diferentes canais de venda e, na realidade, já faz parte do universo digital há algum tempo, possibilitando que a jornada de compra dos mais diversos clientes se torne mais personalizada e efetiva. 

A ideia básica é a de proporcionar que uma empresa, marca ou produto esteja presente em todos os lugares e plataformas que seus consumidores possam acessar. Com isso, é possível fazer uma transação pelo app, por exemplo, e retirar na loja física, buscar pelo site e receber em casa e assim por diante, com todas as opções de compra interligadas de forma simultânea. 

Inclusive, a pandemia acelerou esse processo de integração, seja através do app que teve um crescimento absurdo em 2021, como na integração de canais, principalmente no que diz respeito à franquias e proprietário da marca, quebrando paradigmas de conflito de interesse dentro da cadeia como um todo.

Comércio Colaborativo

O comércio colaborativo é mais uma das fortes tendências para o e-commerce em 2022. Por meio do conceito, tanto um pequeno vendedor quanto uma grande marca podem comercializar seus produtos em um mesmo local, como um marketplace. Aliás, já nos dias de hoje, podemos ver grandes operadoras do mercado partindo para essa aposta. 

Serviço de otimização de conversão (CRO)

A união dos marketplaces com a concepção do omnichannel é uma proposta de valor, que permite que um consumidor ache todos os produtos de seu interesse com poucos cliques, em uma só plataforma e com ofertas integradas, realizando suas aquisições da maneira mais conveniente para si e com a possibilidade de fazer todas as suas compras de uma só vez! 

Live Commerce

O comércio eletrônico ganhou milhões de novos clientes nos últimos anos e muito disso ocorreu por conta de novas interações que as pessoas tiveram com a internet. Certamente, um dos motivos que contribuíram para isso foram os shows ao vivo transmitidos em diversas plataformas, com diversos dos artistas mais populares do cenário mundial.

Durante as apresentações, os internautas poderiam comprar ingressos, produtos ou fazer doações apenas apontando seus smartphones para um QR Code, que direcionava a um link de pagamento. Por isso, uma das tendências para o e-commerce em 2022 é o live commerce, até porque 70% dos consumidores brasileiros afirmam que pretendem comprar mais pela web.

Rapidez na Entrega

O imediatismo vem sendo uma das características marcantes da sociedade moderna e isso pode ser observado pelos hábitos que a grande maioria das pessoas vêm adotando nos últimos tempos. A comunicação através de aplicativos de mensagens instantâneas, consumo massivo de vídeos curtos e muitos minutos ou horas do dia interagindo nas redes sociais são parte da rotina de quem busca resultados cada vez mais velozes.

Com isso, não é de se espantar que uma das principais tendências para o e-commerce em 2022 seja a rapidez na entrega, com uma demanda imensa de consumidores que buscam lojas virtuais e aplicativos com prazos curtos, eventualmente até no mesmo dia. Logicamente, isso impõe uma revolução logística, com novas parcerias e centros de distribuição. 

Como você pôde ver, são muitas as tendências para o e-commerce em 2022 e as empresas de e-commerce precisam estar em sintonia com as novas demandas, expectativas e necessidades do consumidor moderno!

Gostou de conhecer as principais tendências para o e-commerce em 2022? Quer contar com as melhores soluções para o seu comércio digital? Então, entre em contato conosco e fale com um de nossos consultores. 

Escrito por:
Rodolfo Alves, VP Business Development and Partner
at Corebiz