Confira como a precificação de produto deve ser feita no e-commerce

Confira como a precificação de produto deve ser feita no e-commerce

Fazer a precificação de produtos no e-commerce de forma adequada é essencial para assegurar uma boa lucratividade e garantir a competitividade de sua loja virtual. Além disso, o preço é um fator importante em diversos aspectos no comércio online, afetando diferentes níveis do negócio.

Por exemplo, uma precificação correta pode assegurar capital de giro necessário para a sustentabilidade da empresa, garantir uma boa margem de lucro e ainda atrair mais clientes para comprar de você. Para entender mais sobre como ter um preço adequado em seu e-commerce, confira o conteúdo que preparamos especialmente para você!

Qual a importância da precificação no e-commerce?

A precificação no e-commerce deve ser tratada de forma estratégica para conseguir obter uma taxa de conversão mais alta e se diferenciar da concorrência, o que pode lhe garantir ganhos cada vez mais expressivos.

Ao adotar um modelo de precificação adequado sua empresa consegue determinar as melhores estratégias para ofertas e promoções em datas comemorativas, aumenta as taxas de conversão e ainda pode ajudar a fidelizar os clientes, garantindo a sustentabilidade de longo prazo da loja virtual.

Portanto, é necessário adotar cuidados que auxiliem a tomar decisões adequadas e ter um preço competitivo no mercado e permitir que a empresa obtenha uma lucratividade interessante.

Como precificar corretamente?

A precificação correta é essencial para manter a saúde financeira do seu e-commerce, além de gerar preços competitivos frente à concorrência. Por isso, é muito importante entender que existem algumas etapas necessárias para estabelecer o preço correto dos seus produtos. Confira!

Liste os custos variáveis

Os custos variáveis são aqueles que dependem da quantidade produzida, ou seja, a cada item adicional você incorre em algum desembolso. Custo de fábrica, embalagem, materiais promocionais, envio e comissões para afiliados, são bons exemplos de custos variáveis que devem ser considerados.

Lembre-se que você está estipulando o preço para cada item, por isso, todos os valores citados anteriormente precisam ser calculados de modo unitário, conforme apresentado no exemplo a seguir: 

  • custo de fábrica de R$ 5,00;
  • embalagem no valor de R$ 1,50;
  • materiais promocionais de R$ 0,50;
  • envio no valor de R$ 3,50;
  • comissões de afiliados de R$ 1,00.

Nesse caso, o custo total por produto é de R$11, 50. 

Incorpore os custos fixos

Os custos variáveis não são os únicos custos envolvidos. Para um e-commerce, diversos custos fixos são eliminados, mas ainda assim, existem alguns que devem ser considerados. 

Serviço de otimização de conversão (CRO)

Valores referentes a hospedagem do site, aluguel de depósito de produtos, pró-labore e demais custos que independem da quantidade vendida.

Como é difícil estabelecer um custo fixo unitário, já que o número de vendas varia mês a mês, você pode incorporar esse montante na hora de definir sua margem de lucro. Desse modo, o cálculo se torna mais simples e você não deixa nenhum valor de fora. 

Adicione a margem de lucro

Agora é hora de definir o quanto de lucro cada item vai gerar para a empresa. Deixar a margem de lucro muito baixa torna o negócio insustentável, enquanto uma margem de lucro maior pode comprometer a competitividade dos produtos. 

Para evitar qualquer um desses extremos é possível verificar qual o percentual de lucro praticado em seu mercado e aplicar a seguinte fórmula. 

Preço base = (custo total por produto) / (1 – sua margem de lucro desejada em formato decimal)

Seguindo o exemplo, temos um preço final de R$15,33 para cada unidade, considerando a margem de lucro de 25%. 

Quais os benefícios desse modelo de preços?

Esse modelo de precificação garante que seu preço base seja sustentável. Assim, você evita que suas vendas gerem prejuízos, pois todos os custos vão ser cobertos e com boa margem de lucro garantida.

A partir disso, é possível analisar os concorrentes, as tendências de consumo e as diferentes estratégias que proporcionam o crescimento do negócio e aumentar a taxa de conversão, maximizando os resultados da sua loja virtual.

Viu como é importante fazer a precificação de produto de forma adequada no e-commerce? 

Com boas estratégias você consegue manter seu negócio sustentável, definir táticas que lhe ajudem a se diferenciar da concorrência e, desse modo, obter uma lucratividade maior.

Gostou deste artigo e quer ficar por dentro de mais assuntos sobre e-commerce? Então assine a nossa newsletter agora mesmo e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail!