Corebiz soluciona inconsistências de dados entre VTEX e Google Analytics e impacta milhares de cliente da plataforma

Corebiz executa correção de código no checkout da VTEX que impacta a leitura de Google Analytics de todas as lojas VTEX

Se você trabalha com e-commerce, com certeza usa ou conhece o Google Analytics, uma das ferramentas de análise de dados digitais mais utilizada no mundo. Através dela é possível acompanhar dados dos usuários, aquisição, navegação e desempenho do seu site.

Se você é um lojista VTEX, já deve saber que apesar de extremamente importante para o dia-a-dia e evolução de qualquer e-commerce, essa conexão entre VTEX e GA nem sempre é uma tarefa fácil.

Descubra no artigo porque isso acontece e como a Corebiz ajudou todos os lojistas VTEX a solucionarem esse problema.

Qual era o problema com as métricas de e-commerce VTEX no GA?

O Google Analytics (GA), é uma ferramenta baseada em hits, onde cada hit enviado pelo dispositivo do usuário para os servidores do Google contêm informações importantes, como: ID do usuário, dispositivo, página visitada, eventos, ações de e-commerce, transações, entre muitas outras.

Para receber esses hits, é necessário um trabalho em conjunto entre VTEX, Google Tag Manager e Google Analytics para que tudo corra conforme o esperado. Em resumo, o aplicativo nativo Google Tag Manager da VTEX alimenta a camada de dados do site (dataLayer), o Google Tag Manager (GTM) lê essas informações e repassa para o Google Analytics.

O problema, era que o aplicativo nativo da VTEX estava enviando informações inconsistentes e em excesso para a camada de dados, e consequentemente o Google Analytics recebia esses dados incorretos também.

Como a Corebiz ajudou a corrigir as métricas de e-commerce no Google Analytics

Atuando de forma ativa em mais de 140 clientes ao redor do mundo e naturalmente usando o Google Analytics todos os dias nos mais variados cenários, a Corebiz decidiu intervir na situação e propor mudanças objetivas diretamente no app nativo da VTEX.

No vídeo abaixo você confere como que essas correções foram feitas e a seguir mais detalhes sobre cada etapa da atuação do time técnico.

Vídeo: Corebiz corrige inconsistência dos dados entre VTEX e Google Analytics

Identificação do problema

O primeiro passo, resultado de muita análise e pesquisa, foi identificar que o problema estava nos dados que o Google Tag Manager captava dos sites através da camada de dados, e que era gerada pelo aplicativo nativo da VTEX.

Entre os problemas identificados, estava o envio excessivo de informações durante a navegação do usuário.

Imagine uma navegação comum de usuário onde ele visita uma página no e-commerce, então uma vitrine de produtos é exibida, ele clica em um produto, visita a página de detalhes desse produto, adiciona ele ao carrinho, passa por todas as etapas de checkout e finalmente realiza a compra.

O comportamento correto é que o Google Analytics registre, separadamente, cada uma dessas etapas citadas. Mas o que realmente acontecia era que a cada ação que o cliente realizava dentro do site, todos os eventos anteriores eram enviados novamente ao Google Tag Manager.

Junte esse cenário a milhares de acessos e inúmeros caminhos de navegação possíveis dentro de um e-commerce e você facilmente ultrapassa 10 milhões de hits a cada 30 dias, que é o limite que uma conta gratuita do Google Analytics pode receber.

Outro problema reconhecido foi que a identificação do produto comprado (ID do produto, nome do produto e suas variantes) apresentava inconsistências durante a jornada do usuário no site, onde o mesmo produto tinha informações apresentadas de forma diferente na camada de dados.

Isso fazia com que os relatórios de Comportamento de Compra, Desempenho de Produto, Desempenho de Vendas e Desempenho de Lista de Produtos do Google Analytics (conhecidos como os relatórios de Comércio Eletrônico Avançado) ficassem praticamente inutilizáveis ou no mínimo confusos. Se você já deu uma olhada nesses relatórios, sabe que a partir deles é possível extrair muitas informações valiosas para um e-commerce, mas claro, desde que os dados estejam corretos.

Correção do problema

Seguindo todas as recomendações da documentação oficial do Google, a Corebiz corrigiu o problema ajustando como e quando o aplicativo nativo VTEX enviava as informações para a camada de dados. Dessa forma, o Google Tag Manager passou a captar e enviar informações mais corretas e completas para o Google Analytics.

Essa correção está funcionando já em todas as lojas VTEX que possuem o aplicativo nativo VTEX do Google Tag Manager, a partir da versão 3.1.1, instalado e configurado. Após essa publicação a documentação do aplicativo foi atualizada e uma notificação oficial foi publicada sobre esse assunto também a todos os clientes.

Benefícios proporcionados

As correções realizadas acabam impactando todas as lojas do ecossistema VTEX, possibilitando que essas empresas consigam analisar dados mais consistentes em seu Google Analytics. 

Inclusive, será percebida uma diminuição no registro de eventos repetidos, e consequentemente uma queda nos disparos excessivos de hit, principalmente de impressões e cliques em produtos, o que é ainda mais benéfico para lojistas que utilizam a versão paga ou gratuita do Google Analytics, já que os disparos excessivos já não existirão, consumindo agora, apenas o necessário no GA.

E vale ressaltar que a atualização foi efetuada apenas nos eventos existentes no app. Isto é, condições e momento em que os eventos são disparados não passaram por alterações, apenas as informações enviadas por eles.

É fundamental mencionar que os ganhos obtidos foram possíveis com a união de toda equipe Corebiz. O destaque fica para Igor Souza, Rodrigo Araújo, Raphael Capeto e Leonardo Pereira, profissionais Tech Lead, Front-end Developer e Customer Sucess & Growth Manager da empresa.

“A correção desse app é importante para que o cliente tenha um relatório mais assertivo e consequentemente tome decisões mais corretas quando for olhar o GA. Visto que a tomada de decisão dos lojistas, está 100% condicionada ao desempenho que ele visualiza da loja no Google Analytics”.

Rodrigo Araujo, Tech Lead Ongoing / CRO da Corebiz

Parceria entre a Corebiz e a VTEX

A Corebiz foi classificada em 2022 como a empresa mais valiosa no Quadrante VTEX, assumindo o título de agência com maior capacidade técnica. E a atuação do time na realização dessas correções, apenas reforça nosso compromisso em entregar sempre o melhor aos nossos clientes em todos os níveis.

São mais de mil projetos entregues em mais de 40 países, para empresas como: Grupo Whirlpool, Vans, Arno, Aramis, Motorola, Carrefour, Chilli Beans, entre outras. A Corebiz se tornou referência na implantação e evolução de e-commerce na Europa e na América Latina, e somos o maior parceiro da VTEX no mundo.

Conte com uma empresa com a maior capacidade técnica em projetos de e-commerce! Entre em contato com um dos nossos consultores que teremos o maior prazer de falar com você.

Escrito por:
Igor Souza, CS & Growth Manager
at Corebiz

Serviço de otimização de conversão (CRO)