Como usar o teste A/B para aperfeiçoar seus e-mails de marketing

O e-mail marketing é uma estratégia que traz resultados quando implementada de forma inteligente, baseada nas particularidades de cada projeto. Neste contexto, o teste A/B é uma ferramenta interessante que pode ser adotada em várias situações, trazendo resultados rápidos e satisfatórios para o seu negócio.

Antes de aprofundar o assunto, é indispensável ter em mente que as campanhas são mais eficientes e bem sucedidas quando construídas a partir da análise das preferências dos leitores. Portanto, considere o perfil do seu público antes de estruturar as ações de marketing em seu negócio.

Neste artigo, elencamos informações úteis sobre o teste A/B, suas variáveis e dicas de como usá-lo no aperfeiçoamento das suas campanhas e-mails marketing. Acompanhe para saber mais!

O que é o teste A/B de e-mail?

O teste A/B de e-mail, também conhecido como “teste de divisão de e-mail” é usado para medir o envolvimento em duas versões diferentes de um mesmo e-mail.

Na prática, isso significa que cada versão é enviada para uma amostra de público e, o que tiver melhor de desempenho nessa amostragem será enviado para o restante da lista de destinatários.

O teste A/B está disponível em diversos softwares de automação, facilitando a sua implementação nas estratégias de campanha de e-mail marketing.

Quais são as variáveis de e-mail em testes A/B?

Antes de implementar os testes A/B, o profissional de marketing deve conhecer todas as variáveis aplicadas a ele. Esses elementos-chave são o ponto de partida para definir os testes que serão realizados. Conheça!

Linha de assunto

Essa é uma das variáveis mais testadas nas campanhas de e-mail marketing. Estes testes são os mais próximos de uma verificação imparcial que pode ser obtida do público testado. 

Na hora de criar a linha, a dica é ficar atento a ordem das palavras e a utilização de emojis. Dependendo do público, o uso de emojis pode (ou não) gerar aberturas. Com o  teste A/B você consegue avaliar qual o tipo de linha de assunto mais atraente. 

Chamada para a ação

O Call to action é um elemento essencial em diferentes modelos de companha digital. No caso de e-mail marketing com teste A/B, é interessante testar estilos de CTA com botão com hiperlink e textos simples, a fim de verificar qual deles traz melhores resultados na taxa de cliques. 

Tom de comunicação

Lembre-se que o tom de voz e a comunicação devem acompanhar a identidade da marca. Porém, em e-mail marketing ele é uma variável considerada, pois a estratégia pode envolver pequenas variações no tom, visando aumentar a proximidade entre o leitor e a marca.

No teste A/B avalie se um tom mais coloquial converte com mais frequência quando comparado com um tom mais sóbrio. A taxa de cliques servirá para avaliar qual deles atrai mais interesse do seu público. 

Imagens

Outra variável que pode ser testada são as imagens. Será que o seu público prefere um e-mail com ou sem imagens? Lembre-se: ao utilizar imagens, considere a qualidade e relevância das mesmas. 

Layout do projeto

O layout é outro aspecto interessante, que pode ser testado nos testes A/B. será que o seu público prefere um e-mail com design ou layout elaborado, ou se sente mais atraído por e-mails com textos simples?

Você pode até pensar que um e-mail grande e chamativo sempre venceria essa disputa, porém, você está enganado, em muitas situações, o público prefere um layout simples e objetivo.

Tamanho do texto

Tão importante quanto a análise do layout é a preocupação com o tamanho do texto. Enquanto em alguns casos os textos longos são ótimos para conversão, em outros, eles são verdadeiros problemas. 

A variável de tamanho depende da etapa da estratégia, do perfil do seu público e da etapa de conversão. Teste diferentes formatos e tamanho e avalie qual deles traz melhores resultados. 

Conteúdo

Quais são as principais informações que você deseja trazer para o e-mail marketing? A ideia é que você use o teste A/B para avaliar se é mais interessante basear o texto em depoimentos de clientes, detalhes do produto, perguntas e respostas com um especialista ou um anúncio direto de venda. 

Personalização

Qual identificação aparecerá na aba de remetente: o nome da empresa ou de um funcionário? E quem assina o e-mail? Considere a sua estratégia e teste os dois modelos, ajustando o nome do envio conforme os melhores resultados em termos de taxa de abertura. 

Horário de envio

Já parou para pensar em qual horário o seu público costuma conferir os e-mails? Será de manhã cedo, no horário do almoço ou à noite? Utilize o teste A/B para testar diferentes horários e dias de envio e escolha aquele no qual a taxa de abertura e clique é maior. 

Como você viu, são muitas variáveis a serem consideradas, a ideia é que você avalie as particularidades do seu negócio e estabeleça uma estratégia alinhada com o perfil do seu público e os objetivos da sua campanha.

Como realizar um teste A/B de e-mail?

Agora que você já sabe quais são as variáveis do teste A/B, listaremos algumas dicas práticas de como realizar o teste. Confira! 

  1. Defina a meta, ou seja, entenda porque — e o que — você está testando. O que a empresa deseja melhorar por meio da aplicação do teste A/B? 
  2. Determine os elementos de teste, ou seja, use uma versão base e crie uma segunda versão com as alterações nos elementos-chave que serão analisados.
  3. Escolha os critérios vencedores, ou seja, qual será a variável considerada? Taxa de abertura? Cliques no CTA? 
  4. Envie para um segmento aleatório, você pode fazer isso manualmente ou com a ajuda de um software de envio automático. 
  5. Após enviar os testes, avalie as tendências e dados gerados, observe os resultados e verifique qual dos modelos foi estatisticamente superior. Registre o modelo vencedor e envie para todos os membros da sua lista de e-mail que não foram incluídos no teste.

Vale lembrar que a maioria dos softwares de marketing permite a execução de testes A/B automaticamente. Nestes casos, o próprio software seleciona a variante vencedora a partir das métricas escolhidas: taxa de abertura, taxa de cliques ou conversão. Após, o sistema envia, automaticamente, a variante vencedora para a lista completa de destinatários. 

Como você pode ver, o teste A/B é uma ferramenta interessante para fazer escolhas mais inteligentes em suas campanhas de marketing. Testas diferentes opções ajuda o profissional a refinar a sua estratégia e aumentar as chances de envolvimento do público com o conteúdo.Você gostou deste conteúdo sobre como o teste A/B pode ser usado para aperfeiçoar seus e-mails marketing? Aproveite para entrar em contato conosco e conheça as estratégias utilizadas pelos maiores players de e-commerce da Europa e da América Latina.

Escrito por:
Raphael Bueno, Gerente de CRM
at Corebiz

Serviço de otimização de conversão (CRO)