5 dicas para criar uma estratégia de sucesso para o App do seu e-commerce

5 dicas para criar uma estratégia de sucesso para o App do seu e-commerce

Em um mundo cada vez mais conectado, é bastante comum que as pessoas tendam a utilizar dispositivos móveis para realizar atividades cotidianas. Nesse sentido, os aplicativos de compras tornam-se uma alternativa bastante útil, uma vez que permite ao cliente fazer transações, tirar dúvidas ou conhecer mais sobre o produto de uma determinada empresa apenas com um toque na “palma da mão”.

Dessa forma, os aplicativos para o e-commerce acompanham a revolução tecnológica e propiciam para as organizações uma maior chance de conversão, melhoria nos resultados, rapidez no atendimento e maior contato com o consumidor. Ou seja, se configura fundamental para aquelas empresas que estão buscando seu espaço e crescimento em um mercado cujo imperativo é a competitividade.

Este artigo abordará sobre os objetivos que uma empresa deve ter em mente ao desenvolver aplicativos para e-commerce, apontando algumas dicas de como você pode desenvolver estratégias visando o sucesso da ferramenta. Confira!

Objetivos essenciais para se relacionar com os consumidores utilizando dispositivos móveis

Sabemos que desenvolver um aplicativo para seu e-commerce pode ser uma excelente estratégia, visto que o público utiliza, cada vez mais, smartphones para consumir ou obter informações sobre algum produto e serviço.

Nesse contexto, um estudo realizado pelo Fit for the Future of Retaile produzido pela CleverTap, reuniu os principais objetivos de negócios que são cruciais para manter um relacionamento com o consumidor, focado nos dispositivos móveis. Veja abaixo:

Retenção de novos usuários

O primeiro objetivo exposto no relatório, foi a importância da retenção de novos clientes no aplicativo. Ou seja, é preciso criar estratégias para que o aplicativo permaneça instalado no smartphone do consumidor. Isso permitirá que a empresa possa enviar notificações sobre novidades e promoções, por exemplo. Aumentando as chances de venda.

De acordo a pesquisa, somente 19% dos novos usuários de smartphones permanecem engajados. Contudo, ao usar uma boa estratégia de retenção, o número de novos usuários sobe para mais de 53%.

O estudo conclui que, embora a aquisição de clientes possa ampliar o alcance da sua marca, a manutenção de um relacionamento com ele pode aumentar o valor da vida útil do cliente (CLV), ou seja, a soma total de lucros que se espera obter por meio do consumo do indivíduo.

Engajamento

O relatório mostrou que apenas 15% dos visitantes do aplicativo se engajam com a marca. Entretanto, podemos potencializar a conversão aumentando de 10 a 35% ao utilizar as estratégias corretas. Entre elas estão a análise de navegação, que estuda o comportamento dos consumidores e possibilita uma maior personalização na comunicação com eles.

Aumento de itens por pedido

O levantamento realizado apontou que um usuário clica em 3 a cada 100 notificações recebidas. Então, o aumento das transações por pedido surge como um objetivo fundamental. Para tanto, a empresa deve aumentar as transações por pedido, ou seja, incentivar o cross-sell (ou venda cruzada, que consiste em venda de produtos adicionais, que complementam outros).

Portanto, as ações podem contar com com notificações de cupons personalizados para os usuários. Isso poderá aumentar em 44% o número das compras por mês mensais usando, impactando também na redução de carrinho abandonado.

Redução do abandono do aplicativo

A pesquisa também concluiu que, algumas semanas após efetuar a compra, cerca de 86% dos clientes desinstalaram o aplicativo. Para que esse número seja reduzido, é importante enviar notificações de novas promoções e manter contato com o cliente por meio do envio de pesquisas de feedback, mostrando que o seu negócio está disponível em toda sua jornada.

5 dicas para criar uma estratégia de sucesso para o App do seu e-commerce

Agora que sabemos a importância de um aplicativo para o seu e-commerce, e os objetivos fundamentais que manterão firme o seu relacionamento com o cliente, daremos algumas dicas para você desenvolver estratégias de sucesso para a ferramenta do seu e-commerce. Confira!

Serviço de otimização de conversão (CRO)

1. Invista na qualidade

Todos nós, enquanto usuários da internet, sabemos o quanto uma boa navegabilidade faz a diferença na experiência com uma determinada marca ou produto. Quando uma página leva minutos para carregar, geralmente o visitante sai dela e nunca mais retorna. Então, a aparência do aplicativo (ou layout), bem como a sua estrutura, precisam ser cuidadosamente desenvolvidas para que o público não tenha dificuldades no momento do acesso.

Assim, é necessário que, com o auxílio dos profissionais da área, sua empresa desenvolva uma ferramenta que seja de carregamento rápido, possa ser acessado por meio de diversos dispositivos e possua informações relevantes, mas sem excessos.

2. Obtenha certificados de segurança

Garantir a segurança dos dados do usuário é algo indispensável a qualquer página da web ou aplicativo. Em uma ferramenta de e-commerce geralmente são inseridas informações de cunho sigiloso (como CPF, número de cartão de crédito, endereço), e para que nada disso seja exposto é preciso contar com um certificado de segurança.

É importante salientar que as pessoas, ao consumirem na internet, desejam se sentir seguras e isso é crucial para o fechamento da compra. Os certificados agem, nesse contexto, como uma garantia de confiabilidade da navegação.

3. Facilite o acesso aos canais de comunicação

É importante para o usuário ter acesso a diversos canais de comunicação de uma empresa. Isso dá a ele a sensação de controle e mostra que a organização está disposta a ajudá-lo no que for necessário.

Dessa forma, no desenvolvimento da ferramenta, deixe disponíveis links para sua página nas redes sociais, além de um chat de atendimento com assistente virtual e possibilidade de redirecionamento para um colaborador. Garanta um bom atendimento com a multiplicidade de canais, mas, sobretudo com um treinamento prévio da sua equipe.

4. Divulgue as avaliações recebidas

Ao divulgar as avaliações do usuário, você cria uma referência para que novos clientes possam confiar em seu negócio. Essa crítica funciona como uma indicação de alguém que já teve contato com o seu produto ou serviço e representa, inclusive, uma redução de gastos com prospecção de leads.

Assim, destine, na ferramenta, um espaço para que sejam publicadas as experiências dos usuários e solicite uma nota de avaliação. Entrando em contato com a opinião do público, sua empresa poderá redirecionar os esforços em estratégias de satisfação do cliente.

5. Não descuide da comunicação

A comunicação é algo crucial no contato com o público e as estratégias de divulgação são essenciais para que a sua marca se torne conhecida. Sabemos que, dificilmente alguém compra de uma empresa da qual jamais ouviu falar, então investimentos em marketing digital são fundamentais nesse processo.

Sendo assim, você pode investir em links patrocinados em mecanismos de busca, que redirecionam o usuário para o seu aplicativo. Além disso, criar conteúdo de relevância para que o consumidor possa saber um pouco mais da utilidade do produto ou serviço e seus diferenciais é fundamental. Essas táticas terão de ser sempre acompanhadas e avaliadas, para que possa ser verificado se estão sendo eficazes. Com um tempo o seu negócio ganhará uma autoridade no ramo, ganhando destaque entre os concorrentes.

Em um mundo marcado pela presença das novas tecnologias, torna-se essencial que as empresas se adequem ao cenário. Nessa conjuntura, os aplicativos para e-commerce surgem como uma ferramenta que facilitará as compras dos usuários e os aproximará da marca.

No entanto, para que seu aplicativo possa alcançar o sucesso e se tornar referência é preciso garantir boa navegabilidade, segurança e facilidade de uso, visando sempre oferecer a melhor experiência possível para os usuários. 

Gostou do nosso artigo? Então conheça o Mobfiq, a Plataforma de App Commerce Nativo da Corebiz, para atender empresas de e-commerce que querem ter o seu App sem criar um do zero!

Escrito por:
Thiago Falanga, Partner Mobfiq & Director Product Development
at Corebiz