Como ter um e-commerce de Grocery competitivo diante da força dos Apps de delivery disponíveis no mercado

Como ter um e-commerce de Grocery competitivo diante da força dos Apps de delivery disponíveis no mercado

Um setor no e-commerce que ganhou muita força nos últimos anos foi o de Grocery. Tem sido cada vez mais comum no cotidiano dos consumidores realizar suas compras de mercado (alimentos, bebidas, produtos de higiene, etc) de maneira 100% online, e essa mudança de comportamento, de clientes que buscam pela praticidade e comodidade para realizar tarefas cotidianas tem mostrado um potencial latente para esse segmento que tem crescido e se tornando cada vez mais competitivo entre as marcas que apostam no e-grocery.

Confira o artigo e conheça mais sobre como adotar as estratégias corretas para sair na frente da concorrência acirrada com os Apps de delivery e se destacar no mercado.

Parâmetro do mercado

Não é segredo que o contexto pandêmico acelerou o crescimento do e-grocery, que já vinha acontecendo, e que acompanhou o próprio aumento nas compras online de uma maneira geral. Segundo uma pesquisa realizada e divulgada pela Ipsos/Google, foi registrado um aumento de 508% nas pesquisas por entrega de supermercado ou compra de itens domésticos online desde o início da pandemia. E os impactos desse crescimento se estenderam pelos últimos dois anos.

O setor de vendas do mercado online brasileiro, que inclui todas as vendas de bens de consumo e entretenimento, cresceu 20,56% em janeiro de 2022 em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são do indicador MCC-ENET, uma parceria entre a Companhia Compre & Confie e a Câmara Brasileira da Economia Digital.

Já na comparação entre janeiro de 2022 com o mês de dezembro de 2021, as vendas realizadas por e-commerce tiveram uma leve alta de 0,63%. No acumulado dos últimos 12 meses a expansão foi de 16,14%.

Outro dado que mostra o crescimento do segmento foi divulgado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), onde mostra-se que compras em supermercados online chegaram a registrar aumento de 180% em alguns meses de 2020 desde quando a pandemia foi anunciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Portanto, o desafio agora não é mais convencer o consumidor de que a compra via e-grocery é confiável, o importante nesse momento é focar na experiência desse usuário para garantir sua satisfação e mantê-lo na comodidade do consumo online.


Principais desafios do modelo de negócio

Um dos principais desafios deste modelo de negócio tem sido a quebra da tradicional cultura e do paradigma de ir até ao supermercado para fazer a compra do mês.

Com o impacto da nova rotina a partir das restrições provocadas pela pandemia da covid-19, além do avanço tecnológico, realizar compras fisicamente em mercados deixou de ser uma necessidade.

Com essa mudança de hábitos, a compra mensal passou a ser compras semanais, diárias ou pontuais, a depender da necessidade e urgência dos consumidores em obter os produtos desejados. Com este movimento e a praticidade das compras, exige também do segmento de grocery, uma reavaliação nos seus principais processos de negócio, como:

  • Estoque,
  • promoções,
  • campanhas,
  • modelos de entrega e retirada de pedidos,
  • formas de pagamento,
  • seleção de produtos,
  • possibilidade de substituição de produtos não disponíveis e
  • comunicação com o cliente.


Esses processos devem estar alinhados com as estratégias de negócio e a tecnologia envolvida. E ter as ferramentas adequadas para oferecer a melhor experiência ao consumidor e acompanhar a evolução contínua do serviço, requer investimento, treinamento e tempo.

Assim, tudo isso representa o grande desafio de oferecer um e-commerce acessível, simples e intuitivo para que o cliente se sinta confortável e seguro durante a navegação de suas compras.

Além disso, muitas empresas do segmento investem em aplicativos personalizados, alinhados às suas estratégias de negócio, seja através de promoções e produtos exclusivos ou políticas de entrega e preço, e com isso, buscam oferecer experiências cada vez mais personalizadas e melhores para seus clientes.

A popularização dos Apps de delivery

Com a evolução do modelo de negócio e a popularização dessa nova rotina de realizar compras de supermercado online, é natural que iniciativas que visem proporcionar experiências cada vez melhores para seus clientes aconteçam em alta velocidade.

Uma delas, é o surgimento e a adaptação de diversos players de Apps de delivery no segmento de grocery. Com um modelo de negócio já consolidado, a adaptação dos usuários se torna natural, uma vez que já estamos adaptados a fazer uso de aplicativos para diferentes tipos de serviços. A praticidade no acesso às informações diretamente pelo seu dispositivo móvel tende a trazer comodidade e valor agregado aos serviços oferecidos pela marca.

Tudo isso, torna ainda mais desafiador trazer o cliente para acessar a versão web da marca, uma vez que o desenvolvimento de uma loja adaptada a diferentes modelos de dispositivos e tamanhos de telas deve ser uma das atenções desde o início do desenvolvimento de uma loja virtual.

Em contrapartida, fazer o uso de APPs exige que os seus clientes façam a instalação do mesmo, considerando alguns requisitos técnicos, como o espaço de armazenamento interno. Além disso, o cliente ao optar por fazer a instalação do APP, pode acontecer uma certa “concorrência” de prioridade com os demais aplicativos já instalados no aparelho, tornando-se assim uma possibilidade de não fazer uso do mesmo.

Já a compra via web, possui a vantagem de poder atingir novos clientes de forma orgânica através de campanhas, pesquisas por produtos, sites de comparação de preços, entre outras estratégias de marketing digital. Isso torna o acesso e compra mais dinâmico, fazendo com que os clientes passem a conhecer melhor os produtos e serviços oferecidos pela marca.

Portanto, todos esses pontos devem ser considerados e avaliados de acordo com as estratégias de negócio definidas pela empresa, para que possam usufruir melhor do que cada ferramenta oferece.

Estratégias para alavancar os resultados

A experiência do consumidor, desde a captação até a entrega dos produtos em sua casa, deve sempre ser levada em consideração e pode-se dizer que é o ponto de partida para definição de novas estratégias. E se tratando de um mercado virtual, a tendência é fazer com que os clientes se sintam confortáveis e seguros em suas escolhas de produtos, formas de entrega e de pagamento.

Considerar que o ambiente em que o cliente está navegando traga praticidade, seja intuitivo e atrativo desde o seu primeiro acesso, são premissas que podem garantir uma experiência mais satisfatória e confortável do que a ida ao supermercado.

E podemos dizer que tudo isso é apenas a base de uma visão de negócio que vai além de serviços, produtos e uma boa impressão. Para fidelizar e captar novos clientes, é necessário ir além. Conduzir ações de marketing para nichos específicos de pessoas, parcerias para vendas de produtos com exclusividade, promoções, cupons de descontos e estratégias de envio e retiradas de pedidos também fazem parte de uma longa lista de estratégias para alavancar o negócio.

Serviço de otimização de conversão (CRO)

Assim, a combinação de ferramentas, estratégias e criatividade são elementos fundamentais para alcançar os resultados esperados, alinhados à estrutura operacional, capacitação profissional e investimentos na evolução tecnológica.

Estrutura operacional por trás de um e-grocery de sucesso


Além de todos os assuntos abordados até aqui, a estrutura operacional de um e-grocery é de fundamental importância para o sucesso do negócio, que vai desde a equipe de pessoas, processos e responsabilidades até as ferramentas utilizadas para operacionalizar todas essas etapas. O exemplo disso é a escolha da plataforma de e-commerce a ser utilizada pelo negócio.

Ter uma ferramenta robusta, com recursos modernos, integração com demais ferramentas e principalmente segurança, pode ser determinante para o negócio. E a VTEX, plataforma de e-commerce utilizada pelos principais players do mercado, apresenta diversas características que correspondem às necessidades do segmento e que podem ser um grande diferencial operacional para o seu dia-a-dia. 

Dentro da plataforma VTEX é possível contar com diversas áreas que atendem o segmento de grocery, e cada uma delas tem um papel único no processo. Conheça quais são elas e quais suas funções.

  • Catálogo
    • Produtos & SKUs
    • Categorias
    • Marcas
  • Preços
    • Lista de preços
  • Sellers
    • Gerenciamento
  • Políticas Comerciais
  • Gerenciamento de pedidos
  • Estoque & Entrega

E para entender o papel de cada uma dessas áreas, dividimos elas em cada um dos tópicos a seguir para que você possa compreender a responsabilidade de cada uma dentro da estrutura.

Catálogo

Este é um dos módulos que compõem o admin da VTEX e é utilizado para configurar as informações referentes a cada produto exibido na loja. Neste módulo é possível configurar em categorias e subcategorias as seções do e-grocery para facilitar a navegação. Ainda neste módulo, você conta com a parte de “Marcas” onde você pode registrar todas as marcas com as quais você trabalha e vincular ela aos produtos oferecidos, possibilitando também uma opção de filtro para clientes que preferirem consultar os produtos por marcas ao invés de categorias. E por fim, em Produtos & SKU’s é possível construir e moldar todas as informações dos produtos.

Preço

Podemos pensar que o preço poderia fazer parte do módulo passado, mas ele é bem completo na plataforma da VTEX e por isso possui um módulo dedicado. O ideal é começar a gerenciar essa área logo após fazer os cadastros necessários no módulo de catálogo.

Seller

Para facilitar a compreensão, podemos dizer que o Seller é o vendedor, dono do SKU e responsável pela logística de envio do pedido. E essa área no admin serve exclusivamente para todas as opções relacionadas a esse ponto.

Políticas comerciais

Na VTEX, a política comercial vai ser utilizada para agrupar as configurações de catálogo, preços, promoções, logística, segmentação de cliente e pagamentos de acordo com a estratégia de vendas da empresa.

Estoque & Entrega

O módulo de Estoque e entrega é o serviço responsável pela logística da loja. É neste módulo que cadastramos os dados das rotas logísticas que realizam as entregas dos pedidos do e-grocery. Além disso, é neste módulo que fazemos a gestão de inventário, preço de frete e prazo para cada tipo de entrega.

E se você tem interesse em conhecer mais a fundo a estrutura da plataforma VTEX para o e-grocery, recomendo que leia o artigo Grocery na VTEX: conheça a estrutura por trás das grandes redes, preparado pelo nosso time técnico. 

Como grandes marcas como o Grupo Big têm alavancado seu e-grocery

Alinhado com suas estratégias de negócio, o Grupo Big também tem se preocupado em oferecer uma melhor experiência para seus clientes, através de investimentos em funcionalidades, produtos e serviços.

Um dos grandes diferenciais do Grupo é oferecer aos seus clientes a possibilidade de substituir produtos que estiverem indisponíveis no momento da coleta dos itens de seus pedidos em andamento, através de uma página específica.

Na etapa de confirmação de pedido realizado na web, o cliente recebe um link personalizado via WhatsApp, onde através dele poderá visualizar os itens indisponíveis do seu pedido e algumas opções de outros itens para a substituição.

Dentro deste processo, o cliente terá 10 minutos para fazer as suas escolhas. A partir daí, o picker, pessoa responsável por fazer a coleta dos produtos, receberá as informações necessárias para fazer ou não a substituição dos mesmos.

Na mesma página de substituição de itens o cliente conseguirá ver o novo valor total do pedido, de acordo com as suas escolhas, podendo ser um valor menor do que o inicial ou maior, dependendo dos itens escolhidos para substituição. Após finalizar todo esse processo o cliente receberá a confirmação do pedido finalizado e faturado.


Essa funcionalidade traz praticidade, agilidade e a oportunidade de trocar por outros itens aqueles que inicialmente foram escolhidos e não estão mais disponíveis, tornando a experiência do cliente ainda mais satisfatória.

O mesmo acontece para as lojas de Sam’s Club, porém o diferencial neste caso é a possibilidade de acessar ofertas com exclusividade, através do programa de sócios, conhecido como clube de benefícios.

No Sam’s Club, você encontra produtos em embalagens econômicas, que rendem mais, e ainda milhares de itens em diversos departamentos. As melhores marcas nacionais, produtos importados, eletrônicos, eletrodomésticos e muito mais. Tudo de forma prática, segura e econômica. Além disso, seus benefícios e vantagens se estendem para fora do clube, no Clube de Benefícios Sam’s Club, os sócios têm descontos exclusivos e diversas parcerias pensadas para toda família.

Como ter um e-commerce de Grocery competitivo

Muito se falou sobre a importância de garantir a melhor experiência para o consumidor ao longo de toda sua jornada de compra, e não é para menos.

Diante da alta concorrência, as marcas que criam conexões verdadeiras com seus clientes, ou seja, atendem genuinamente suas principais necessidades de maneira fluida e prática, são as que fidelizam o consumidor e detém o diferencial competitivo no mercado. 

Para o segmento de grocery não é diferente, e além das estratégias corretas, contar com ferramentas tecnológicas que permitam entregar esse nível de serviço para os consumidores é fundamental para garantir o sucesso e saúde dos negócios.
Conheça como a Corebiz tem alavancado o comércio digital de grandes marcas do e-commerce e do e-grocery e aproveite para solicitar o contato de um de nossos consultores. Teremos o prazer de falar com você.

Escrito por:
Cláudio Pereira Filho, Squad Leader / Product Owner
at Corebiz